CPO:"La Jetée", por João Pires

21:59:00 Cinema's Challenge 1 Comments

Geógrafo, escritor, fotógrafo, músico e actor. Nasceu nos anos 70 em Valongo, no Norte do país, e divide a sua actividade entre Portugal e a Lituânia, onde reside. Notabilizou-se recentemente na área cinematográfica dando vida a "Bino", personagem carismático da saga "Balas & Bolinhos".

Como muitos dos que pela primeira vez tomaram conhecimento da existência deste filme do realizador francês Chris Marker, o meu primeiro contacto com esta obra-prima deu-se na altura em que visionei o filme “Twelve Monkeys”, de Terry Gilliam, há uns bons 15 anos. Lembro-me de ter ficado impressionado com a história adaptada por David Peoples (conhecido por "Unforgiven" e "Blade Runner") e não descansei enquanto não fui capaz de encontrar o produto que estava na génese deste filme do ex-Monty Python.
“La Jetée” é uma daquelas experiências cinematográficas que não se esquece. Com apenas meia hora de duração e praticamente circunscrito a uma sequência de fotografias a preto e branco, Chris Marker cria um ambiente que é ao mesmo tempo violento e enternecedor, apoiado pela profundidade da voz do narrador, hipnotizando-nos com cada sílaba da sua voz gasta, intensa e aveludada. A narrativa não segue os padrões lineares habituais, lembra-nos que a nossa memória pode também transportar-nos no tempo para o passado, para o futuro, libertando-nos da simples e restrita condição humana da vida no presente. 

Muito poucos filmes inventam uma nova forma de contar uma história. “La Jetée” faz muito mais que isso. Mostra-nos que todos os avanços tecnológicos à disposição do realizador de hoje são inúteis e frios, quando por trás não se encontra um verdadeiro criador. Marker utiliza uma câmara fotográfica, e os seus rolos de 35mm, para nos levar através de uma acção que deambula entre a percepção e a memória, entre o amor e a morte, entre a ficção científica e o romance (10 anos antes de “Solaris”, de Andrey Tarkovsky). 
Esta é uma história de amor. De um amor que se estende literalmente pelos corredores do Tempo, que aniquila qualquer circunstância presente, qualquer catástrofe que possa cair sobre o Homem ou sobre o mundo. E este é um filme que ficará para sempre. 

1 comentário:

  1. I'm very pleased to uncover this site. I need to to thank you for ones time just for this wonderful read!! I definitely loved every part of it and I have you bookmarked to check out new stuff in your website.

    my web-site - skin lightener reviews

    ResponderEliminar

May the force be with you!