Happy B-Day!

12:24:00 Cinema's Challenge 0 Comments

É um dos meus actores preferidos, da sua geração, e apesar do tempo parecer não o afectar, este senhor faz hoje 49 anos. 

Chegou quase ao estrelado através da música, com uma banda denominada The Kids. Mas, depois de Nicolas Cage o convencer a experimentar a representação, embora não tenha admitido logo, Depp percebeu que tinha nascido para o cinema. Foi o seu primeiro amor, a maquiadora Lori Anne Allison, que lhe apresentou o actor em LA. Mas não durou mais de dois anos esta união. No entanto, profissionalmente, Cage arranjou forma de Depp fazer um casting para integrar o elenco de Nightmare on Elm Street, que viria a ser a sua primeira aparição na grande tela, de alguns minutos apenas, mas a primeira de muitas. Mas foi em 21 Jump Street que Johnny se tornou famoso como ídolo juvenil...Pouco depois, em 1990, conheceu aquele que viria a ser o seu parceiro em vários filmes - o realizador gótico Tim Burton. Foi para o filme Edward Scissorhands que se cruzaram pela primeira vez. Filme que marcou o início de muitas performances memoráveis resultantes da parceria entre o actor e o realizador, tendo inclusive consagrado Depp como um talentoso actor, longe das memórias dos seus primórdios de ser apenas mais uma "cara bonita". Foi também nesse filme que conheceu e se apaixonou por Winona Ryder, com a quem teve uma relação amorosa. Com Burton, Depp fez filmes como Ed Wood, Sleepy Hollow, Charlie and the Chocolate Factory, Corpse Bride, e Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street, Alice no País das Maravilhas e actualmente Dark Shadows.


Contudo, depois da música e da representação, em 1997, o actor sentou-se na cadeira de realizador para dirigir o filme The Brave, onde contracenou com Marlon Brando - assim como em Don Joan de Marco.
Longe de Tim Burton, Johnny entrou em muitos outros projectos. Dos mais conhecidos, temos a saga Pirates of the Caribbean, através da qual surge uma das suas personagens mais populares, o capitão Jack Sparrow. Uma das grandes razões para o actor aceitar um papel num filme mainstream, como este, segundo o mesmo foi o facto de querer fazer um filme que os seus filhos gostassem, dedicando a personagem aos mesmos. Na altura teve grandes dificuldades em que a Disney aceitasse os contornos que queria dar à personagem, mas com muito esforço conseguiu e esta caiu nas graças de Hollywood, recebendo a sua primeira indicação na Oscar de melhor actor em 2004. Seguindo-se, mais tarde, em 2005, uma nomeação pela sua performance em Finding Neverland e em 2008 uma por Sweeney Todd: The Demon Barber of Fleet Street.

O actor não é de se cingir ao socialmente correcto. Na sua vida intima teve vários episódios conturbados. Casou Lori Anne Allison por apenas dois anos, depois veio a actriz conhecida por Twin Peaks, Sherilyn Fenn, cuja união também não durou muito tempo. Winona Ryder foi talvez um dos seus amores mais fortes, tendo levado Johnny a tatuar no braço "Winona Forever", que mais tarde mudou para "Wino Forever" (bêbedo para sempre). Até voltar a ter algo sério, foram preciso 13 anos de convivência com a sua actual cara-metade, Vanessa Paradis. Hoje, é a mãe dos seus dois filhos, os quais aponta como uma das melhores coisas que fez na vida, vivendo agora exclusivamente para eles e a sua companheira. O actor conheceu Paradis num bar, aquando das filmagens de The Ninth Gate.

Entre os fãs, apesar de não gostar da exposição nem do título de sex simbol, Johnny Depp sempre tratou bastante bem os seus seguidores, sendo considerado uma das personalidades mais humildes nesse campo de Hollywood.

Por tudo isto, parabéns Johnny Depp!

0 comments:

May the force be with you!