Tela Clássica: O Musical mais incompreendido

16:40:00 Cinema's Challenge 0 Comments

Nem sempre os nossos filmes preferidos foram grandes sucessos de bilheteira. “One From the Heart”, de Francis Ford Coppola, está certamente no meu top 10 de todos os tempos e foi um dos maiores fracassos da história do cinema. Ao longo da sua carreira Coppola foi experimentando de tudo. Vamos recuar uns 30 anos no tempo, altura em que ele gozava do sucesso de "Apocalypse Now". A rodagem deste filme tinha sido conturbada, feita com um orçamento enorme, por razões diversas. O resultado final compensou bastante, já que tornar-se-ia um dos mais sucessos a nível crítico do realizador, tendo inclusive ganho a Palma de Ouro no Festival de Cannes. O projecto seguinte era megalómano. Coppola queria homenagear os grandes musicais dos anos 30, 40 e 50, e ao mesmo tempo queria fazer um filme moderno. Para fazer o filme ao seu gosto, Coppola construiu uma Las Vegas inteira em estúdio, e os custos tornaram-se astronómicos, ascendendo a mais de 25 milhões de dólares. “One From the Heart” era um filme muito à frente no seu tempo. Os críticos torceram o nariz antes de verem o filme e o público não estava interessado num musical com banda-sonora de Tom Waits e Crystal Gayle. Tudo correu mal, a década de 80 era arriscada para este tipo de projectos. “Heaven´s Gate", de Michael Cimino, tinha sido um bom exemplo disso, apenas dois anos antes.
Visualmente, “One From the Heart” é um dos mais belos filmes de sempre.



Pelo convidado, Francisco Rocha

0 comments:

May the force be with you!