"Anything Else", de Woddy Allen

22:27:00 Cinema's Challenge 0 Comments

Por mais fraco que seja, por mais vezes que tenha visto um filme de Woody Allen (à excepção do "You will meet a tall dark stranger" que não suporto) é difícil não chegar ao fim dos créditos, escutar a música que os acompanha e pensar como este realizador consegue através de histórias dar verdadeiras lições de vida. Mostrar como pequenos percalços quotidianos podem originar bons filmes. Como a vida em si pode nos inspirar. É o caso deste filme "Anything Else", embora não seja nenhum grande filme, e tenha o Jason Biggs à frente do elenco, consegui deliciar-me. Tanto que apenas me passa pela cabeça que não posso ver mais nada hoje para não estragar esta bela sensação "woodyliana". Por isso, não vos deixo uma crítica hoje, mas, sim, estas poucas linhas que penso terem bem mais valor do que qualquer análise. Porque há coisas que simplesmente se sentem e não existem palavras suficientes para as descrever. E adivinhem só, uma delas é o cinema, principalmente o de Allen.



Esta quote que se segue, tive de a destacar aqui, é tão verdadeira e deve realmente ser levada a sério. Acreditem em mim, sei do que falo, já passei por umas quantas peripécias que me dão legitimidade para o dizer. Por isso, anotem e interiorizem:


David Dobel: As you go through life, Falk, there will be no shortage of people who will tell you how to live. They'll have all the answers for you, what you should do, what you shouldn't do. Don't argue with them. You know, say "Yes, that's a brilliant, brilliant idea," and then do what you want. And whenever you're right, strive for originality. But if you have to steal, steal from the best. Oh, oh, and if you take very good care of your styptic pencil and dry it after every shave, it will last longer than most relationships that you're in. 

0 comments:

May the force be with you!